Solicite nosso contato: 11 3042 3383 / 11 93027 5017Cadastur 32.592.406/0001-05
Visto passaporte

Saiba tudo sobre visto para viajar

Se você está planejando uma viagem internacional, o visto de viagem é um ponto muito importante a ser considerado no seu planejamento. Todo país tem liberdade para elaborar a lista de documentos que exigirá dos estrangeiros que pisam em seu solo, mesmo que essas pessoas só tenham a intenção de passar por ali rumo a outro destino.

A emissão de vistos de entrada é de exclusiva competência e cada país, que utiliza diferentes critérios e exigências para a entrada e permanência de estrangeiros em seus territórios, não cabendo interferência de autoridades estrangeiras nessa questão.

Portadores do passaporte brasileiro estão isentos de visto para viajar a turismo a mais de 150 países do mundo. Isso não significa, no entanto, que não devem ser cumpridos requisitos para entrada. Certificados de hospedagem, comprovantes do objetivo da viagem, cartas-convite e bilhetes de retorno ao Brasil podem ser (e frequentemente são) exigidos pelas autoridades estrangeiras para entrada em outros países. Informe-se cuidadosamente, antes de viajar, da documentação necessária para entrada no destino escolhido. Ao chegar ao país, apresente todos os documentos às autoridades de fronteira.

Além do destino escolhido para a viagem, é necessário observar, ainda, a eventual exigência de visto em países de trânsito. Ainda que o destino final não exija visto de cidadãos brasileiros, é possível que o país de trânsito, se houver, solicite algum tipo especial de visto. Informe-se com antecedência dessa necessidade.

Lista para brasileiros

Para facilitar, o governo brasileiro tem uma lista atualizada dos países que exigem vistos de cidadão brasileiros. Clique aqui para acessar a relação. É importante esclarecer que as informações constantes na tabela valem apenas para cidadãos brasileiros portadores de passaporte comum – portadores de passaporte oficial e diplomático devem contatar diretamente representações estrangeiras para esse tipo de informação. Estrangeiros com visto permanente brasileiro também não se aplicam às condições descritas na lista, a menos que sejam naturalizados e estejam viajando com passaporte brasileiro.

Cidadãos brasileiros que desejam obter quaisquer outras informações sobre vistos para viajar a outros países devem contatar diretamente as Representações Consulares (Embaixada ou Consulado) daqueles países. Clique aqui para obter os dados de contato das Embaixadas e Consulados estrangeiros no Brasil.

Veja como os destinos oferecidos pela Excursy tratam a necessidade de vistos:

Israel – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Marrocos – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Emirados Árabes – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Turquia – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Grécia – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Itália – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Portugal – Dispensa de visto para brasileiros, por até 90 dias.

Líbano – Visto exigido.
O viajante consegue tirar no desembarque, no Aeroporto Internacional de Beirute, com estada permitida de até 30 dias. Por se tratar de assunto de competência exclusiva das autoridades libanesas de imigração, recomenda-se contato prévio com repartições diplomáticas e consulares do Líbano. Clique aqui para mais informações. Atenção, qualquer indício de que um cidadão estrangeiro tenho estado em Israel pode ser motivo de negativa para entrada no Líbano.

Egito – Visto exigido.
O viajante consegue tirar no desembarque, em guichê específico para vistos e pagar a taxa, valor atual aproximado de U$ 25. Também é possível providenciar o visto na embaixada em seu país, mas você precisará enviar o seu passaporte por correios. Clique aqui para ver a lista de embaixadas do Egito.

Jordânia – Visto exigido.
O governo jordaniano libera de pagamento de visto turistas da maioria dos países, incluindo brasileiros, contanto que fiquem 2 noites consecutivas no país, compradas de um receptivo local. Caso não seja o seu caso, será cobrada uma taxa de aproximadamente U$ 60 no desembarque.

* Essas especificações pode ser alteradas sem aviso prévio. Por isso é importante sempre consultar as Representações Consulares (Embaixada ou Consulado) dos países de passagem e destino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *